Slider

[Resenha] Rainha Vermelha, Victória Aveyard - Rainha Vermelha #1

sábado, setembro 02, 2017



distopia, rainha vermelha, resenha, companhia das letras, seguinte, espada de vidro, coroa cruel
A feira esvazia à medida que as barracas vão fechando. Os mercadores estão distraídos, despreocupados. É fácil pegar o que eu quiser dos estoques. Quando terminar, estarei com os bolsos abarrotados de quinquilharias e ainda terei uma maçã para a viagem.”

Mare Barrow é uma garota de sangue vermelho. Para nós, isso é muito comum, afinal todos nós temos essa cor em nosso sangue. Entretanto, para a família Barrow e para muitas outras pessoas isso é um fardo muito grande, pois pessoas de sangue prateado têm mais vantagens como poder político, e habilidades especiais. Mare é uma ladra porque não consegue um trabalho, além de estar mais perto de ser recrutada para uma batalha que não dela.
“A guerra prateada deles é paga com sangue vermelho.”

O mundo em que a protagonista vive é muito maior do que imaginamos, Norta é um país entre tantos, cheios de disputas entre reis, sem contar com o convívio nada harmonioso entre prateados e vermelhos. Os Barrow estão quebrados também, o pai é um homem que foi a guerra, isso causou a invalidez e pior não o resguardou de ver os fillhos Tramy, Shade e Bree terem um caminho parecido. Exatamente por isso, Mare deseja abandonar sua cidade Palafitas com Kilorn, o amigo de infância, mas para isso ela precisa encontrar uma forma de sair de lá. Existe uma chance, com a Guarda Escalarte.
“Sua voz ressoa com autoridade e ponderação nas últimas palavras.  - E nós vamos nos levantar. Vermelhos como a aurora.”

Mare tinha uma saída, entretanto isso também se desfez rapidamente, já que ela descobriu que não é uma vermelha qualquer, ela é uma vermelha que tem habilidades como os prateados, com certeza isso aconteceu no momento mais inoportuno. Este momento deu uma nova rota para o caminho da personagem, ela não sabe que pode se  prender às intrigas da nobreza prateada, e nem como tudo será perigoso para ela, será mesmo que ela pode conhecer o amor a despeito do lugar onde se encontra?


distopia, rainha vermelha, resenha, companhia das letras, seguinte, espada de vidro, coroa cruel


Lembro-me que mesmo com os aplausos ou decepções quanto a esse livro, eu não posso esquecer de dizer o quanto é lindo, a capa prateada com fontes em alto relevo me conquistaram de primeira! Fiquei surpresa com a escrita da Victoria Aveyard porque a escrita dela é fluída do tipo que não há como parar a leitura, além disso a história é rica em informações, claro que eu acabei por comparar a Mare com outras protagonistas de livros distópicos, mas ao contrário do que muitas pessoas disseram, eu realmente achei esse livro chocante. Fiquei apavorada com que aconteceu no final e louca por Espada de Vidro.

A maioria dos livros famosos como este dividem opiniões muito fortes, eu quero muito saber da sua! Você leu? Pretende ler? Conte-me tudo nos comentários, um grande beijo da Yana.

10 comentários:

  1. Mas é maravilhosa mesmo né? Eu to louca pra ler esse livro pra compartilhar minha opinião com você amiga. Ótima resenha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh amiga obrigada, você é minha inspiração para escrita! Espero que você adore para compartilharmos o que gostamos da série e decidirmos qual será nosso crush kkkkkkk

      Excluir
  2. Bom, a minha opinião eu postei logo como resenha para dar início aos trabalhos do blog. Mas, sim, eu amei. E amei ainda mais o segundo. E o terceiro. Viciei lindamente. hahah
    Ótima resenha!

    http://resenhasdiferentonas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah que bom! Eu me sinto tão sozinha quando alguém diz que não gostou de Rainha Vermelha kkk Eu também viciei bastante, fiquei super surpresa com o rumo da história.

      Excluir
  3. Oi Yana, saudades! :)

    Eu estou tentando sair da minha zona de conforto e tentando explorar novos gêneros. Pode ter certeza que irei colocar Rainha Vermelha na minha lista :). Adorei a resenha e o blog.
    Parabéns.

    http://www.entrepaginas.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Lídia! É muito bom ver você por aqui! Fiquei super feliz em ver você no Entre Páginas, e eu também estou explorando novos gêneros como romance de época e suspense e estou amando. Espero que você goste da leitura.

      Excluir
  4. AMIGAAAA PRECISO LER ESSE LIVRO!
    Devo dizer também que já curti de prima seus dotes de resenhista! Tá de parabéns!
    Love u chuchu! Bjos

    ResponderExcluir
  5. Miga, você precisa demais ler esse livro! Ele é simplesmente maravilhoso e nossa to me sentindo muito com você falando que tenho dotes de resenhitas. Obrigada pela visita! Um beijão <3

    ResponderExcluir
  6. Olá Yana, como vai?
    Se existe uma série que me deixa completamente curiosa para ler é A Rainha Vermelha mas, ainda não tive coragem de comprar os livros e iniciar a leitura deles..rs! Minha irmã leu e sempre diz que o único interessante é o primeiro e que a autora "perdeu a mão" e o foco da história na escrito dos outros livros, isso me deixou desanimada com a leitura.

    Gostei de ler a sua opinião sobre ele principalmente, porque não conheço a escrita da autora e saber que é fluida e fácil de compreender ajuda muito, assim que eu tiver coragem comprarei os livros também. Ficaram lindas as suas fotos.

    Beijos e Abraços Vivi
    Resenhas da Viviane

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A autora é detalhista, acho que por isso dá a impressão que ela se perde nos livros seguintes, no entanto eu achei que apesar disso, ela expande a história de uma forma muito interessante e acrescenta tantos detalhes que podemos ficar perdidos nos livros seguintes, por isso eu recomendo que você leia Espada de Vidro em diante com calma hahaha Espero que você goste Vivi, um abraço!

      Excluir

CopyRight © | Theme Designed By Hello Manhattan