Slider

[Vida Pessoal] Sobre o Amor de Deus

sábado, outubro 07, 2017

Olá, pessoas do meu coração!

bibliasagrada, amor, deus, jesus, autoral, marshmallowcomcafe


Estou aqui para conversar com você a respeito de algo que gosto muito. É certo que não tenho todo conhecimento sobre isso e nem pretendo adquirir tudo da noite para o dia, fato é que Jesus é uma pessoa que tem espaço para morar no meu ser.

Há algumas semanas, eu estava postando no instagram uma foto falando sobre meu pequeno grande problema com a ansiedade, e quando eu escrevi a frase em que Jesus estava do meu lado, o meu coração e os meus olhos se encheram de um profundo agradecimento que se verteu em lágrimas. É que eu o considero um amigo íntimo, uma pessoa digna de um relacionamento.
bibliasagrada, amor, deus, jesus, autoral, marshmallowcomcafe


Dessa forma, o meu prazer em ler e escrever tem começado a inundar meu coração também com vários projetos, o amor que Jesus faz transbordar em mim tem me impulsionado a transformar meus pensamentos sobre ele em palavras. Algo que tem tocado o meu coração é o amor de Deus, também sobre ser amado por Ele e sobre as preferências Dele para com seus filhos.
 O amor encontra alegria na felicidade do outro, porque não é feito de posse, de matéria, mas de abnegação, doação. Quando a noite cai – Carina Rissi

O amor que encontro em tudo faz sentido quando olho para Jesus, é esse amor de abnegação e doação que eu aprendi a amar e ver por meio da bíblia. E é claro nem todo mundo pensa dessa forma, somos muitos diferentes, portanto quero começar dizendo que meu desejo é falar sobre como vejo a Deus. Afinal,  entreguei meu coração a Ele porque fiquei encantada com seu padrão de amor.

Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho Unigênito para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. Porquanto Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que julgasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele. João 3:16-17

Sabe o que é mais legal desse amor? Ele não olha para cor da pele, nem para condição financeira, nem ideologias e nem qualquer outra coisa. Talvez você não acredite nisso, mas essa semana eu tive uma experiência que queimou meu coração. E se algum dia eu pensei dessa maneira, tal ideia já foi quebrada dentro de mim. Saca só esse versículo:

Então, falou Pedro, dizendo: Reconheço, por verdade, que Deus não faz acepção de pessoas, pelo contrário, em qualquer nação, aquele que o teme e faz o que é justo lhe é aceitável.  Atos 10:34

Pedro era um homem judeu, e como todos nós, também tinha seus próprios preconceitos. Em geral, acreditava que Deus tinha preferência exclusiva aos judeus, entretanto esse homem foi chamado até a casa de Cornélio – um homem não judeu – que amava a Deus e o servia. Depois do encontro dos dois, ocorreu algo que Pedro acreditava que apenas judeus teriam acesso, e por causa disso ele concluiu o que estava escrito em Atos 10:34. Você pode ler  Atos 10 (clique aqui para ler)  para entender o que aconteceu.

Então, você já pensou em ser o queridinho de Jesus?



7 comentários:

  1. Oh Yana, se vc continuar a escrever posts assim, vou ser obrigada a levantar do meu sofá e ir aí na sua casa te dar um abraço! Beijos, sua linda!

    ResponderExcluir
  2. Ahhhhhh ! Maravilhosa! Obrigada por ler os posts e estar juntinho aqui com a gente. Eu vou escrever sim, viu? Pode vir porque eu estou esperando teu abraço <3

    ResponderExcluir
  3. Gostei muito dessa resenha fala sobre o amor de Deus em nossas vidas, Deus não olha as nossas condições ou até mesmo a cor da pele ele olha o nosso interior gostei muito e uma abraço para você yana beijos!

    ResponderExcluir
  4. Gostei muito dessa resenha fala sobre o amor de Deus em nossas vidas, Deus não olha as nossas condições ou até mesmo a cor da pele ele olha o nosso interior gostei muito e uma abraço para você yana beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Abraço Sarinha! Muito bom ver você por aqui <3

      Excluir
  5. Respondendo a pergunta: Sim já pensei sim em ser o queridinho de Jesus, mas não dessa forma,e sua resenha me ajudou a mudar um pouco as minha direções, Obg Yana!

    ResponderExcluir

CopyRight © | Theme Designed By Hello Manhattan