Slider

[Resenha] Menina de vinte, Sophie Kinsella

terça-feira, março 13, 2018



Editora Galera Record, 496 páginas, 2010. SKOOB

História

Além de estar atolada nas mentiras que conta pros seus pais (sua empresa está indo bem, é claro que ela esqueceu seu ex namorado, óbvio que ela se alimenta muito bem), Lara vê a sua vida ficar ainda mais confusa quando vai ao velório de sua tia-avó Sadie. Ela não conheceu a velhinha que acaba de morrer aos 105 anos, então quase fica louca ao se encontrar com o fantasma dela na igreja. Mas não como uma velha, e sim como a garota que ela foi no auge da sua juventude. Numa busca meio louca para encontrar um bendito colar – porque Sadie não vai deixa-la em paz até encontrar –, Lara se mete em encrencas, descobre segredos de família, além de encontrar o amor e a amizade.


Personagens

Lara é bastante ingênua e isso pode ser irritante a princípio. Mas acredito que além de ingênua ela é imatura e isso é algo que melhora ao longo do livro, o que também pode ser dito de Sadie. O que é mais divertido a respeito dessas personagens é que enquanto Lara que é do século XXI é meio monótona e morre de medo de se arriscar, Sadie, uma garota dos anos 20, está muito à frente do seu tempo. É muito bonito ver a relação das duas. 

“- Não sou eu. Nunca me senti assim. Ninguém se sente assim por dentro. É assim que eu me sinto. – Ela abre os braços. – Assim, como uma garota de 20 e poucos anos. A vida toda. A parte exterior é só... uma proteção.”

Claro que além delas temos o mocinho. Uma das minhas coisas preferidas a respeito desse livro é que ele é protagonizado por uma relação entre mulheres – uma amizade, uma sociedade – e mesmo que o nosso querido mocinho Ed apareça pouco, eu amo a sua sinceridade e o seu carisma. Ele demora algum tempo para dizer o que sente, mas o diz com muita firmeza quando se sente preparado. Além disso ele é extremamente prestativo e esforçado para ajudar Lara na busca dos seus próprios sonhos, o que ressalta ainda mais as protagonistas.


 Considerações Finais


O livro levou umas boas páginas para me convencer. Não é o meu preferido da autora, mas não deixa de ser um bom livro. Quando os toques de mistério começaram a aparecer o livro te prende mais e você não consegue parar de ler. Li as quase 500 páginas em bem menos de 24h e mal vi o tempo passar. Tenho que dizer que, ao final, a leitura vale a pena. Não é tão leve quanto os outros, aliás, ele tem muitas partes com o tom bastante melancólico, mas não perde sua diversão típica da autora e as suas lições que podem ser aproveitadas no fim da leitura.

6 comentários:

  1. Adoro a Sophie!Esse é um dos livros que esta na minha estante a um tempão mas nunca pego pra ler, mas depois da sua resenha até me empolguei.

    bjo
    https://euaprendialer.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. #BFFCLBH Menina que isso "500 páginas em bem menos de 24h", é muita leitura - eita! Mas não da pra te criticar um bom livro faz isso com a gente <3 Temos vários livros da autora aqui na bossa biblioteca e com essa resenha até quero dar uma atenção pra ela - depois te conta o que li ;)

    ResponderExcluir
  3. Acredita que eu nunca li nada da autora? Mas esse me chamou atenção, parece aqueles filmes e histórias de natal onde o fantasma visita a pessoa hahah. Provavelmente deve ser bem engraçado e gostoso de se ler...
    Mas miga, são muitas páginas!! Não sei se atualmente teria toda essa coragem, já estou quase morrendo para terminar O Senhor das Sombras da Cassandra Clare.
    Enfim, amei a resenha!

    xoxo
    www.foradocontexto.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi Lô, tudo bem?
    Eu nunca li nenhum livro da autora, leio as sinopses dos livros e eles não me chama atenção. Mas, a verdade é que eu gosto de ler resenhas sobre os livros dela, eles parecem muito divertidos, qualquer dia vou pegar um emprestado para conhecer a escrita dela.
    Linda a sua resenha!

    Beijos e abraços
    http://vickyalmeida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem?
    Eu estou super por fora dos livros da Sophie, mas gosto muito do filme que assisti baseado em uma das histórias dela! Eu tenho alguns dela por aqui, mas ainda não consegui ler, espero poder logo! ótima resenha.

    Beijos

    Blog Conta-se um Livro

    ResponderExcluir
  6. Ainda não li o livro da resenha, mas está na minha TBR. Não sei dizer qual é o meu favorito da autora, fico entre "Fiquei com seu número" e "Os segredos de Emma Corrigan", ambos muito bons!
    Tudo que Motiva

    ResponderExcluir

CopyRight © | Theme Designed By Hello Manhattan