Slider

[Resenha] A libélula no âmbar, Diana Gabaldon (Outlander #2)

segunda-feira, abril 16, 2018



 Diana Gabaldon, Editora Arqueiro, 944 páginas, 2016. SKOOB | AMAZON
“- Sangue do meu sangue – murmurou ele – e ossos dos meus ossos. Você me carrega dentro de você, Claire, e não pode me abandonar, não importa o que aconteça. Você é minha, para sempre, quer queira ou não, quer me ame ou não. Minha, e eu não a deixarei partir. – Coloquei a mão sobre a dele, pressionando-a contra mim.
- Não – falei, num sussurro – nem você pode me abandonar.
- Não – disse ele, esboçando um sorriso. – Pois tenho mantido o final do juramento também. (...) ‘Eu lhe dou meu espírito, até o fim de nossas vidas’.”


(Se você não leu o primeiro livro, essa resenha pode ter pequenos spoilers)
Após os acontecimentos marcantes e desesperadores do final do primeiro livro, Claire e Jamie escapam por muito pouco. As sombras do trauma ainda cobrem os dois, e algumas feridas parecem profundas demais para cicatrizar. Com o conhecimento de Claire a respeito da revolução jacobita, eles decidem tentar salvar o povo das Terras Altas de um massacre, e rumam para a França para tentar alterar a história e parar a rebelião. 

Lá as coisas começam a acontecer, eles conhecem pessoas influentes que sabidamente estão por trás dos acontecimentos futuros, mas embora tudo pareça seguir para o fim desejado, quando menos se espera, planos devem ser traçados às pressas para que eles possam se salvar, e salvar a família de Jamie. Em meio aos conflitos políticos, conspirações, traições e tragédias que não deixam a felicidade ser duradoura, esse casal terá que lutar não só pela liberdade e segurança, mas também para permanecerem juntos. 


Não se empolgue com essa parte da resenha. Em paralelo a essa história é contada sobre 20 anos depois, quando Claire está de novo em Inverness, dessa vez com Brianna, tentando saber mais sobre o seu passado e entender os acontecimentos que ocorreram durante todo esse tempo. Sim, isso mesmo, 20 anos depois, em 1968, mas não se assuste, essa é só uma parte da história.

"Estamos ligados, eu e você. E nada nessa terra irá nos separar."

Se que a resenha vai parecer meio vaga, mas embora o livro tenha mais de 900 páginas, se eu contar muito mais do que isso vou estragar a história. Diferente do primeiro livro da série, este é mais parado. O começo conturbado prende a leitura, mas as conspirações políticas e divagações que ocorrem no meio do livro deixam a leitura mais lenta. Mas não se enganem, a partir de certo ponto a leitura flui de uma forma que não dá nem para explicar. Se você amou o primeiro, com certeza esse é um livro que vale a pena ser lido, mas já vou avisando: pegue um lencinho que você vai chorar nas primeiras páginas.


Os personagens são muito bem trabalhados, e aquilo que aconteceu no primeiro livro ainda está fresco nas mentes dos personagens que conhecemos. Além deles, somos apresentados a personagens que realmente existiram como Charles Stuart e Louisa, que são recriados de uma forma caricata por Diana para retratar a sociedade daquela época. Conhecemos também o pequeno Fergus, que terá importância crucial em diversos acontecimentos. As conspirações e movimentações políticas são muito bem construídas e cada fato tem um motivo de ser contado. O livro como um todo é bastante denso, mas também emocionante e intenso, uma continuação à altura para essa série incrível.

Li algo numa resenha que achei importante destacar aqui: essa série não é sobre como um casal se apaixonou, mas sobre como ele se manteve unido e apaixonado através das intempéries e do tempo. Se você quer um romance leve para rir e sonhar, esse não é o ideal. Ele é forte, duro, difícil, mas é verdadeiro e incrível, um dos mais bem construídos que já li na vida.

4 comentários:

  1. Olá, tudo bem?!
    Eu comecei a ler a série que está disponível no Netflix, e eu como a amante de histórias de época que sou, me apaixonei instantaneamente. Estou ainda na segunda temporada, e as vezes o tamanho desses livros me assustam, mas imagino que deva ser devido ao peso histórico que ela incluiu ao livro, o que eu acho sensacional. Estou super ansiosa para ler esse livro, espero que eu tenha a oportunidade logo. Adorei as fotos!

    Beijos

    Blog Conta-se um Livro

    ResponderExcluir
  2. Ai miga socorro quero muito ler esse, mas as 944 páginas me assustaram um pouco, não quero ler ele sem tempo direito, estou planejando lê-lo poucas semanas antes do Enem ir, porque aí vou pegar nele no início das férias. Caramba, a história parece estar ficando cada vez mais fascinante... <3 Suas fotos estão lindas miga! Um beijo!

    ResponderExcluir
  3. Essa série me chama muita atenção, mas pensar em ler um calhamaço da dor de cabeça, estou me preparando para ler livros com mais páginas só nas férias.

    ResponderExcluir
  4. Olá Lô, tudo bem? Olha eu ainda não li nenhum livro dessa série, estou com o primeiro na estante já faz quatro meses, quero ler ele ainda esse ano..rs! Espero que dê tempo, o ano está voando.

    Beijos e abraços
    http://vickyalmeida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

CopyRight © | Theme Designed By Hello Manhattan