Slider

[Especial] Mães da literatura

sábado, maio 12, 2018


 
Oi meus amores, tudo bem com vocês?
Espero que sim! 
Olha, não sei quanto a vocês, mas na minha opinião, mãe é um ser muito especial. Amo a minha do tamanho do universo em expansão! Assim como minha mãe foi e é muito importante para mim, alguns livros que eu li me apesentaram mamães que eu tenho vontade de por num potinho e levar para casa! Então, em homenagem ao Dia das Mães, resolvi trazer para vocês o que eu achei de cada uma dessas progenitoras maravilhosas. 



 
Violet Bridgerton- Série "Os Bridgertons", Julia Quinn 
Editora Arqueiro

Eu AMO  Violet Bridgerton! Essa mulher me fez chorar de mais durante a leitura dos nove volumes da série. Ela amava incondicionalmente Edmund, com quem tivera sete filhos. Eles estavam a espera do oitavo bebê quando ele faleceu, deixando para ela a missão de criar os oito filhos sozinha. A missão foi cumprida com muito êxito, posso assim dizer. 
A personagem tem uma presença forte mas tem um ótimo humor e é muito amada por sua grande família. Se você curte romance de época e ainda não leu essa série, você não faz ideia do que está perdendo!


 
Molly  Weasley - Série "Harry Potter", J.K. Rowling 
 Editora Rocco

O que falar da senhora Weasley, hein?!
A pesar de não ser das famílias mais abastadas do mundo bruxo, Molly sempre fiz de tudo pelos filhos. Educou os sete da melhor maneira que pode e ainda fez de Harry Potter seu oitavo filho, protegendo-o de tudo e de todos, tratando-o com carinho e corrigindo-o quando necessário.
Não posso falar muito mais dela, por que estou lendo a série agora, mas o que vi até o quarto livro já me fez tirar o chapéu para essa mãezona!  

 
Condessa Winstead- "Simplesmente o Paraíso" (Quarteto Smythe-Smith #1), Julia Quinn 
 Editora Arqueiro
Alguns podem achar a condessa meio displicente com a filha caçula, mas depois que seu primogênito teve que sair da Inglaterra, fugindo da ira de um homem, a ela meio que perdeu o gosto pela vida. Não é que ela não ame as suas filhas ou que ela desse mais atenção a Daniel, mas ela não precisava se preocupar tanto com as filhas casadas, ou com a jovem Honoria, que ainda era solteira e vivia em sua casa, diferente da preocupação com o filho, que estava em algum lugar do mundo torcendo para não ser encontrado e morto. Porém, quando Honoria precisou de colo, ela esteve lá para dar, e muito mais que isso, colocou a mão na massa pela felicidade da moça. 
Não posso contar o que essa mãe fez por sua filha, por que se não estarei estragando uma das partes mais emocionantes do livro, na minha opinião. Vale muito a pena conferir!

Sally Jackson- "Percy Jackson e o Ladrão de Raios"(Percy Jackson e os Olimpianos #1),
 Rick Riodan - Editora Intrínseca
Eu acho a Sally muito corajosa. Ser mãe de um semi-deus já não deve ser coisa das mais fáceis, mas você pode imaginar como é ser mãe do filho de Poseidon, irmão de Zeus e Hades, o deus das águas? Pois é, o garoto era caçado por todo tipo de criatura do mal, e Sally fazia de tudo para tentar os afastar o jovem Percy. Ela se submeteu a um casamento abusivo e sem amor para proteger o menino, já que o cheiro do marido encobria o da criança. Acha que é moleza? Ela passa por uma barra ainda maior quando está levando o garoto ao Acampamento Meio sangue, mas também não posso falar o que é pra não estragar o livro, né?
(Ps. Não estou com o livro Ladrão de Raios no momento, então peguei um aleatório da série, só pra exemplificar mesmo... Rsrsrs)

E aí gente, o que acham das mamães que eu separei? Tem alguma outra mãe que tenha marcado uma leitura sua e você quer compartilhar comigo? 
Pra você mamãe que está lendo isso agora, te desejo um feliz dia das mães, repleto de amor e carinho dos seus filhotes! Desejo a mãe de todos vocês um dia maravilhoso, não, melhor, uma vida maravilhosa e cheia de bênçãos de Deus! 
Bom fim de semana! Espero vocês aqui semana que vem, ok?! Beijocas!

11 comentários:

  1. Violet e Molly <3
    Duas mãezonas, hein?
    Adorei sua lista! Incluiria a personagem de O Quarto, esqueci o nome dela, rs.
    Beijos
    https://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem nem como não amar essas mãezonas, né? Não conheço O Quarto, do que se trata?
      Beijocas, flor!

      Excluir
  2. Nossaaa amiga, Violet merece demais né? Rainha ela! Ainda não cheguei a conhecer a Senhora Weasley diretinho porque estou indo para o segundo livro, mas cara sensacional essa postagem! Ainda não li os livros, mas vi o primeiro filme de PJ e achei muito corajoso a forma como a mãe dele se sacrificou por ele. No momento, não consigo lembrar de nenhuma mãe da literatura que conquistou meu coração, mas deve ser só uma questão de lembrar hahaha beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga, esqueci da Rainha Amberly, mãe do Maxon de A Seleção! Ela é linda de viver também, socorro! Rsrsrs

      Excluir
  3. Olá Yana! tudo bem? você escolheu bem as mães da literatura, amo Violet, todos os livros da Julia Quinn são maravilhosos, ainda não conheço a Sally Jackson, mas já gostei (hahaha) ótimas escolhas



    Bjs
    http://nossoencantobl.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Não tem nem jeito de não amar as personagens da Julia Quinn, né?!
      Obrigada pela visitinha!
      Beijocas

      Excluir
  4. Oii!

    Ahhh, tem cada mãe literária maravilhosa, né!
    E também tem aquelas que nem deveriam ser mães, hahahaha!

    Adoro a Violet Bridgerton, acho que a ternura dela exala pelas páginas de cada um dos livros da série.
    A Sra. Weasley conheço pouco, só li os 4 primeiros livros de HP, mas lembro que ela era uma fofa e a verdadeira mãezona que abraça todos os filhos e amigos junto.
    As outras citadas não conheço.

    Beijos
    http://espiraldelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, a Violet é maravilhosa! Eu acho ela muito guerreira, sabe? Ela conseguiu conviver com o luto pelo marido, mas sem perder a ternura e o sorriso, por que os filhos precisavam muito dela. É incrível!
      Obrigada pelo carinho e a visita!
      Beijinhos

      Excluir
  5. Oiii Yana, como vai?

    Ah Violet, ela é o melhor dos Bridgerton junto com Colin, na minha opinião. Só li o primeiro livro da série, O Duque e Eu mas foram esses dois personagens que mais me cativaram e divertiram. Com certeza uma mãezona da literatura que merece ser lembrada.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Eu amo o Colin também, menina!
      Mas tenho um carinho bem especial pelo Anthony e pelo Simon, marido da Daphne. Se vc tiver oportunidade de ler os outros, vale muito a pena!
      Beijinhos!

      Excluir
  6. Olá meninas, como vão? Eu gostei muito desse post que vocês fizeram, muito criativo! Tenho visto vários blogs homenageando as mães literárias também, cada uma de um jeito diferente infelizmente, eu não tive tempo de escreve nenhum por causa do trabalho.
    Amei as indicações que fizeram.

    Beijos e Abraços Vivi
    https://resenhasdaviviane.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

CopyRight © | Theme Designed By Hello Manhattan