Slider

[LIVRO X FILME] VIDAS À DERIVA - TAMI OLDHAM ASHCRAFT E SUSEA MCGEARHART

quinta-feira, julho 26, 2018


Editora Astral Cultural, 2018, 272 páginas | AMAZON
"Não temíamos pela nossa vida, por que sabíamos que os Trintellas eram construídos para suportar as piores condições marítimas, mas o fato de um de nós poder se ferir seriamente se assomava em silêncio em nossa cabeça. Com a mão trêmula, Richard escreveu: 'Tudo que podemos fazer é rezar.' "


No dia 4 de Julho eu assisti o filme como convidada do Blog Coisas de Mineira em uma sessão especial produzida pela Editora Astral Cultural e pela Diamond filmes. Foi um momento muito bacana! Cada convidado recebeu o livro, marcador, uma ecobag e, acreditem (e não se desesperem),  lencinhos de papel personalizados já na entrada do cinema. Dava pra ver o carinho da organização do evento e das meninas do blog com cada convidado (muito obrigada pela oportunidade de viver esse momentinho com vocês). Hoje eu vim contar pra vocês um pouco do livro, do filme e o que eu achei deles.
"Pela minha história, espero que encontre inspiração e força. [...] Acredito que Deus realmente trabalha "de maneiras misteriosas". Essa é a minha crença- o curso pelo qual navego minha vida."


SINOPSE DO LIVRO

Tami e Richard, que se conheceram e se apaixonaram em uma marina no paradisíaco Taiti, viveram uma intensa história de amor até o destino interferir nesse verdadeiro sonho e lhes pregar uma peça. O que era para ser uma viagem tranquila e romântica, se transforma em desespero após a passagem do inesperado furacão Raymond. Vidas à deriva é uma história real sobre a força de uma mulher que, além de enfrentar a morte de perto, passou quarenta e um dias em alto mar suportando a fúria da natureza. Tami, ao compartilhar sua história, nos faz lembrar que, mesmo nos momentos mais sombrios, o amor nos mantém vivos.

SINOPSE DO FILME
Tami Oldham e Richard Sharp velejam pelo Taiti quando são atingidos por uma terrível tempestade. Passada a tormenta, ela se vê sozinha na embarcação em ruínas e tenta encontrar uma maneira de salvar a própria vida e a do parceiro.

Fonte: Youtube
"Eu nunca me despedi do Hazana. A palavra 'Hazana' significa 'façanha, proeza ou feito' em espanhol e, pensando bem, o nome não poderia ser mais adequado."
O QUE EU ACHEI
SOBRE O LIVRO:
A escrita é fluida e a narração te leva ao alto mar e as situações que eles viveram. A diagramação é ótima, a fonte é no tamanho ideal e a página amarelada não te cansa na leitura. No decorrer do livro aparecem algumas fotos, o que te ajuda ainda mais a se ambientar com a história.
Não conhecia a editora Astral e gostei muito do trabalho deles. Em certos momentos eu me perdia um pouco na narrativa por causa dos termos de navegação utilizados. ApósAo epílogo, pode-se encontrar um glossário, mas mesmo assim eu me perdia - na verdade eu não tinha muita paciência para procurar cada palavra desconhecida no glossário. Acho que se as explicações viessem no formato de notas de rodapé a cada momento que uma nova palavra aparecesse seria mais fácil a compreensão, mas tirando isso, gostei bastante.

SOBRE O FILME:
Com Sam Claflin (Jogos Vorazes e Como Eu era Antes de Você) e Shailene Woodley (A Culpa é das Estrelas e Divergente) nos papeis principais, não se espera nada menos que um filmão, não é mesmo?! A escolha desses atores foi muito feliz, já que eles se parecem bastante com Tami e Richard da vida real. Em uma entrevista, a própria Tami disse que quando conheceu Sam se impressionou com a semelhança entre ele e Richard ( para ver esse vídeo, clique aqui).
Quando cheguei no cinema, já sabendo de Sam Claflin no elenco, e recebi os lenços de papel tremi nas bases. Não posso falar de mais se não é spoiler, mas esses lencinhos vieram muito bem a calhar. Sou chorona? Sou sim, mas vou te contar, não tem como não ficar tocado com a história que esse filme conta.
O filme tem estreia prevista para o dia 9 de Agosto, fica aí a minha dica de cinema. 

Já conheciam a história? Espero que tenham gostado e animem a assistir o filme e ler o livro! No mais, vejo vocês semana que vem! Beijocas!

4 comentários:

  1. Nossa, só de ver o trailer eu já senti o coração bater um pouco mais forte, acho que pensar que uma pessoa viveu essa história na vida real deixa tudo mais assustador, né? O livro parece ser muito bom, mas quando eu ver o filme vou chorar provavelmente hahahaha assisti o vídeo que você deixou, afinal sou super curiosa, não poderia deixar de ver a Tami querendo levar o Sam para casa com a desculpa de que ele parece com o marido dela hahahaha brinks, beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa amiga, se alguém viesse me contar essa história eu diria que é muita viagem. Na minha cabeça era impossível um ser humano sobreviver a um furacão no meio do mar e passar 41 dias a deriva. Eu diria que daria um bom livro essa história, mas duvidava que fosse verdade...
      Ver esse filme e ler o livro depois foi masoquismo, eu assumo, mas o que eu não faço por esse blog, hã? Hahahahha
      Só fiquei bolada por não ter conseguido o treiler e a entrevista legendados pra colocar ��

      Excluir
  2. Oi Ana Clara,
    Eu adoro a Shailene e o Sam! Acompanhei as filmagens pelo instagram dos dois e não vejo a hora de assistir ao filme... Acho que não me arrisco a leitura dessa obra, porque quero ter uma imagem única da história.
    Beijos
    https://estante-da-ale.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ale! A Shailene e o Sam são ótimos, não tem como não amar! Posso dizer uma coisa, eles BRILHARAM na atuação, eu senti muita entrega deles no papel e eu curti bastante isso.
      Eu gostei muito da experiência de assistir e ler, como eu disse, cada um retrata a história de um jeito e eu acho que a forma que a produtora do filme retratou o ocorrido foi a ideal, não creio que teria ficado tão bom se fosse totalmente fiel ao livro.
      Obrigada pela visitinha!
      Beijocas!

      Excluir

CopyRight © | Theme Designed By Hello Manhattan