Slider

O Romance Policial que Esperei a Vida Pra Ler

quinta-feira, fevereiro 14, 2019

sullyvan, vanessa, nathan, mendes, barbiere, assassinato, romancepolicial, editoraskull, jonaszair, hugorenan,

Editora Skull | 2018 | 497 páginas | SKOOB 




SINOPSE



Um jovem rapaz, aparentemente com uma vida perfeita, surta em um acampamento de formatura, cometendo atos insanos e brutais com vários de seus colegas e professores, antes de ser morto pela polícia.  Samanta, sua namorada fica traumatizada e abalada, mas garante insistentemente para a polícia que aquele rapaz que cometeu a barbárie não era seu amado, ela afirma ter motivos contundentes para acreditar nisso. Com todas provas indicando o contrário, ela acaba sendo taxada como louca. Mas com todas suas forças tenta ir atrás da verdade, chegando à beira da insanidade.

Seis meses após os acontecimentos que abalaram a pequena cidade de Conforto de Cristo, estranhos eventos começam a ocorrer envolvendo os sobreviventes do acampamento, um a um vai sendo eliminado. O experiente detetive Christian Sullyvan e sua equipe terão que correr contra o tempo para desvendar os mistérios que rondam aquele caso. Sully como gosta de ser chamado, inicialmente pensa estar investigando um simples caso de imitador, se aproveitando da situação para ter fama como muitos psicopatas fazem, mas na verdade não faz ideia de que o mistério por trás do assassino é algo com qual nunca lidou, e nem mesmo seus anos de experiência e vivência nos mais terríveis casos serão capazes de prepará-lo para o que está prestes a enfrentar.

Um assassino extremamente frio, cruel, sádico, muito inteligente que parece estar sempre a um passo à frente. Ele é capaz de arquitetar as mais insanas perversidades com suas vítimas e também com aqueles que entram em seu caminho.





sullyvan, vanessa, nathan, mendes, barbiere, assassinato, romancepolicial, editoraskull, jonaszair, hugorenan,



O QUE EU ACHEI

Bem, estou super feliz com a leitura dessa belezinha de livro porque foi recomendação de duas pessoas: a Viviane do blog Resenhas da Viviane, além da Rachel do blog Conta-se um Livro. Afinal, é por influencia delas que estou lendo muito mais nacionais do que lia antes, e estou adorando conhecer esses autores que muitas vezes não fazemos ideia que existem! Por que esse livro me conquistou? Primeiro, ele é de um gênero que já puxo saco sempre - romance policial - e ainda por cima é escrito por um autor nacional!


Nesse livro, temos um detetive meio arrogante, com uma vida pessoal meio complicada, porque o trabalho dele exige que ele deixe os momentos mais importantes com a filha e a noiva para se dedicar ao seu ofício. Sullyvan trabalha com casos incomuns desde sempre porque todas as provas apontam para um caminho, no entanto o detetive sempre enxerga detalhes que questionam as provas e mudam o veredicto do caso.

Quando ele chegou a Conforto de Cristo, não imaginava que ficaria preso no caso e sacrificaria mais um momento importante com as pessoas que ele ama, e para piorar  a cidade do interior dispunha de poucos recursos, até porque nunca tinham visto esse tipo de assassinato por ali então não precisavam de ferramentas sofisticadas para casos comuns.

A beleza da narrativa não é o lado poético da escrita, porque os autores não exploram esse lado. Na verdade, eles exploram os sentimentos e impressões do detetive Sullyvan e de outros personagens nos mostrando as facetas do assassino calculista que o personagem principal terá de deter, e claro que isso aguça nossa curiosidade e faz com o que você fique preso ao livro até o final. Sem contar que a trama é tão bem amarrada (do início ao fim) que é impossível não achar crível.

O assassino é esperto demais e vai aos pouquinhos acabando com o orgulho de Sullyvan, se no início ele era completamente confiante, com o tempo ele começa a desenvolver como pessoa e meus caros, no final nos temos uma bomba! Nem vou falar o que eu queria fazer em relação a isso porque senão vai rolar spoiler hahah

Enfim, esse livro é maravilhoso porque é dinâmico, na verdade é eletrizante. Afinal, em cada cena algo chocante acontece e você fica mais aflito para descobrir o que vai acontecer. Recomendo muitíssimo, espero que vocês leiam Relatos de Sangue, beijos da Yana.


6 comentários:

  1. Oiii Yana

    Ah que belezinha de livro, com certeza também vou adorar conferir porque amo livros policiais e de cara ja gostei da premissa toda e também do Sullyvan apesar de aparentemente ser alguém bem alheio aos amigos e familiares por cotna da profissão (isso é meio tipico quando retratam detetives). O que mais me empolga é saber que a trama é ágil, ocorrem vários eventos ao longo das páginas e isso eu amo porque deixa a gente impactado e ansioso pra prosseguir. Dica anotada.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza é algo que me atraiu também, amei as cenas revelações ao longo das páginas e olha que eu estou fugindo de livros maiores de 350 porque senão eu nem estudo direito. Nem senti a leitura passar de tão curiosa hahaha espero que você goste, beijo!

      Excluir
  2. Oi Yana! Tudo bem? Uau, que história instigante, cheia de suspense e já me deixou nervosa só de ler a resenha, imagina o livro! Eu adoro romance policial, estou afastada do gênero há muitos anos, mas sempre desperta meu interesse quando vejo alguém indicando uma dessas obras. Nunca li nenhum livro do gênero dentro da literatura nacional o que me deixou ainda mais curiosa pra conferir. Adorei a dica, anotada!
    Beijos, Adri
    Espiral de Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Adri, eu amo policiais e sempre dou uma olhadinha. Mas confesso que ler um livro nacional do gênero é bem raro e por isso fiquei tão feliz! Espero que você dê uma chance, um beijo!

      Excluir
  3. Olá Yana, sua linda! Como vai? Ah, não sabe como eu estou feliz que tenha lido esse livro, enviei a sua resenha para o autor, ele ficou agradecido por ela! O que mais me impressionou no final do livro, foi a mudança radical que o detetive Sully sofreu, aquele homem arrogante e impertinente se tornou uma pessoa quase humilde e sem esperanças.

    A descoberta do assassino e o final como um todo me deixaram de boa aberta, é claro que teve algumas coisas que não gostei mas, de uma maneira geral é um livro nacional que vale a pena indicar para os amigos, ano passado comprei três edições para presente.

    Beijos e Abraços VIVI
    Resenhas da Viviane

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh to vendo você falar de algumas coisas que não gostei e já fiquei curiosa, depois vou te chamar no pvd do insta pra perguntar e ver se foi as mesmas coisas do que eu. Geralmente eu não cito muito porque tem coisa que é uma questão nossa mesmo, de gosto e que outras pessoas vão ver diferente. Provavelmente farei o mesmo, vou presentear pessoas com esse livro, é uma ótima ideia <3 Fico feliz que tenha gostado, um beijoooo

      Excluir

CopyRight © | Theme Designed By Hello Manhattan